Laminado, Vinílico ou Madeira?

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vamos falar sobre as diferenças entre os pisos laminado, vinílico e madeira. As pessoas ficam muito em dúvida sobre qual deles usar e qual é o melhor para o seu projeto. Vamos as pontos positivos e negativos de cada um deles:

  • Laminado – composto por camadas de materiais derivados da madeira, como aglomerado e painel de madeira de alta densidade (HDF). A camada superior recebe uma estampa decorativa. ( compensado com uma lamina de madeira)
  • Suas vantagens são o conforto térmico, conforme a linha e a marca já vem incluso o rodapé da mesma cor do material, você já compra com a mão de obra inclusa e a instalação é rápida, pode ser instalado por encaixe ou colado e no outro dia já é possível usá-lo. Ele é considerado um piso flutuante então seu contrapiso não precisa estar tão nivelado quanto no caso do vinílico, pode ser desmontado em caso de mudança e levado para a casa nova. O melhor de tudo é o preço..rsrs ele é o mais barato dos três.
  • Pontos negativos, não é resistente a água, não pode molhar messsmo, caso isso ocorra ele vai inchar e estragar, aí só trocando. Molhou? Corre pega um paninho e seca rapidinho. Ele tem aquele famoso toque, toque quando você anda, propaga o som facilmente. Para que isso seja evitado é preciso cobrir o contrapiso com manta acústica. Algumas linhas não muito lisas, dificultando assim a vida dos nossos companheiros de quatro patas. Por fim, é preciso instalar feltro nos pés dos móveis e usar rodízios de polietileno para não riscar.

 

  • Vinílico – é feito com cloreto de vinila, ou PVC. O material vem em placas, réguas ou mantas.
  • Suas vantagens são conforto térmico e acústico, ele abafa mais o som. Pode ser colado ou de click. O click é melhor, porque tem o encaixe de macho e fêmea então as réguas não se mexem conforme as pessoas andam, já o colado pode abrir uma fresta entre o material conforme o passar do tempo, aí não é legal. Como ele é uma borracha, se molhar não tem problema. Caso seja muita água e ela fique muito tempo ali, pode ser que ela entre por debaixo do vinílico e de uma mofada. Nesse caso é só tirar as réguas, secar e pode colocar as mesmas réguas. É antialérgico e mancha muito pouco. São muitas as opções de cores de estampa.
  • Pontos negativos ele pode riscar caso a abrasão seja muito forte. (Ex: mover algum móvel grande e pesado). Seu pigmento pode desbotar com o sol. Além disso o piso é resistente a água, mas não pode ser submerso. Deve ser evitado em áreas externas, banheiros e cozinhas. Sua instalação só pode ser feita com o contrapiso seco, limpo e rigorosamente nivelado. Para criar essa superfície, a melhor maneira é aplicar uma massa niveladora, composta por cola e cimento. Com a mistura é possível aplicar o piso sobre superfícies não tão lisas, como cerâmica ou pedras polidas. O passo seguinte é colar ou encaixar o revestimento e esperar secar. É uma péssima ideia instalar o vinílico sobre materiais que podem apodrecer, como madeira e laminado. Ele pode custar entre 30 e 40% mais caro que o laminado.

 

  • Madeira  bom, madeira é madeira né minha gente. Nem se compara com esses outros materiais. Enquanto o laminado tem 8 mm e o vinílico de 4 a 6 mm, a madeira tem 2 cm que você pode raspar aí por muito tempo e cada raspagem você vai perder uns 2 mm. A instalação pode ser pode ser colada, aquele famoso taquinho e já existem também o sistema de click para a madeira. Se é uma casa que você pensa em passar o resto da sua vida, a madeira é uma ótima opção, pois ela vai durar décadas e ficar de herança para os seus bisnetos..rsrs. Além de dar um toque de classe e elegância a qualquer estilo de decoração, é um bom investimento para aumentar o valor do próprio imóvel, um bonito piso de madeira pode fazer toda a diferença no resultado final da decoração de um espaço, conferindo ao ambiente um ar acolhedor.
  • Pontos negativos – o contrapiso deve estar limpo, nivelado e seco porque se ele estiver úmido seu piso não vai colar bem. Depois de instalado ele tem que ficar descansando na obra de 20 à 30 dias, depois vem todo o processo de raspagem, aplicação da massa do pó da madeira com cola PU nas juntas para dar elasticidade e quando o piso se movimentar ela movimenta também evitando assim as trincas. Espera secar bem, passa uma ultima lixa mais fina aí é só limpar e aplicar o verniz. Ufa!! É realmente o processo de instalação da madeira é demorado e vai ter muito pó ai pela frente.

Agora só depende das suas necessidades, do seu gosto e do que você está pretendendo investir. Espero ter esclarecido algumas dúvidas e ajudado na escolha. Se tiver algum comentário ou dúvida mandar para mim. Beijos e até o próximo post. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s